domingo, 21 de agosto de 2011

Peça teatral - O Menino e o Vagalume

Os alunos de 3º e 4º anos podem criar fantoches de vara e
fazer um tetarinho de fantoches. Muito legal!!!!

O MENINO E O VAGALUME
(Palco decorado pro árvores.)
Narrador: Era uma vez um menino que andava perdido pela floresta. Ele chorava e andava, chorava e andava.
Menino – Mamãe, mamãe, estou perdido. Não acho o caminho de casa. Que farei, meu Deus?
Vagalume – Por que você está chorando? Você está sozinho a esta hora na floresta?
Menino – Eu me perdi. Vim atrás de um passarinho que cantava tão bonito... Ele voou, entrou na floresta, eu entrei atrás dele e me perdi.
Vagalume – Ainda bem que eu estou aqui para ajudá-lo. Vou ficar junto com você.
Menino – Obrigado, vagalume. Pelo menos tenho sua companhia.
Narrador – Pouco a pouco começou a escurecer. A floresta estava calma. Os animais procuravam seus refúgios. Os passarinhos se aquietavam nos ninhos. A escuridão tomava conta da mata. O menino teve medo, muito medo.
Menino – Eu estou com muito medo, muito medo, quero ir para junto de minha mãe. Mamãe, mamãe, me acuda!
Vagalume – Não tenha medo. Olhe para mim. Eu tenho a luz. Siga-me. Vou iluminar o seu caminho. Em breve você estará abraçando sua mamãe. Vamos.
Menino – Obrigado! A única coisa que eu quero é ir para casa. Eu quero mamãe.
(Saem. O menino vai atrás do vagalume.)
Narrador – E assim, graças ao pequeno vagalume, o menino pôde ir para casa e abraçar sua mamãe.
(O vagalume volta para o centro da floresta. Aparece o vagalume voltando.)

Bibliografia: LADEIRA, Idalina. CALDAS, Sarah. Fantoches & CIA. Arte Educação. Literatura Infantil. LÍNGUA Portuguesa. Pedagogia. Ed Scipione, 1989